Um sofá para que?

Olá
Depois do feriado vamos voltar a rotina. Esta semana ajudei uma tia a escolher um sofá novo e a primeira pergunta que fiz a ela foi: "Para que a senhora usa o sofá?" Essa pergunta parece óbvia mas não é. A resposta que ela daria seria o tipo de modelo a ser escolhido. Fiquei filosofando sobre o assunto e percebi que as pessoas tem dificuldade de escolher o modelo adequado para as suas necessidades e esquecem de fatores importantes como tamanho e conforto. A maioria se empolgam em outros adjetivos que só depois percebem que não fizeram uma boa compra.

produto.mercadolivre.com.br

Não só para o sofá, mas para qualquer móvel, pense em algumas perguntas chaves, como por exemplo: Esse móvel é para que? Irei utilizá-lo para fazer que tipo de atividade? Quanto tempo irei gastar utilizando ele? Eu realmente preciso dele? Tenho espaço suficiente?
Outro quesito importante é o ambiente em que ele será inserido. Não adianta comprar uma mesa linda, por exemplo, se ela não tem nada a ver com o resto da casa ou se é grande/pequena demais. Deve-se imaginar o móvel desejado no ambiente existente e analisar se ficou harmônico e funcional.
Nunca se esqueça de dois fatores importantíssimos: tamanho e cor. As casas e apartamentos estão cada vez menores. É comum ver uma família de 4 pessoas vivendo em 55 m² de área construída. Uma sala minúscula não comportaria os tradicionais conjuntos de sofá com 2 e 3 lugares. Antes de comprar qualquer coisa verifique o tamanho que o móvel irá ocupar e se terá espaço para passagem. Lembre-se que a distância ideal para uma pessoa passar entre os móveis é de 0,60 cm, sendo que é aceitável até 0,50 cm. Algumas dicas para ambientes pequenos você encontra aqui.

www.spyhomedesign.com

A cor é mais difícil e muito particular para estipular uma regra, mas pense na dica do parágrafo anterior e analise com cuidado se a composição ficará interessante. Cores claras passam a sensação de amplitude mas a sujeira aparece fácil e cores escuras diminuem o ambiente mas disfarçam algumas imperfeições. A minha dica é: mantenha a base neutra e coloque as cores nos detalhes. Assim que enjoar da decoração é só trocar os acessórios e o ambiente fica de cara nova. Olha o exemplo na foto abaixo. Que diferença!

elisangelainteriores.blogspot.com.br
elisangelainteriores.blogspot.com.br












Voltando para a história da minha tia, veja aqui algumas respostas possíveis que ela poderia ter dado e os sofás apropriados de acordo com as necessidades:

Um sofá para assistir TV

Conforto e praticidade é a palavra para quem pretende passar horas na frente da TV. Modelos retráteis e reclináveis são as melhores opções, mas também são os mais caros. Os modelos retráteis permitem estender o acento aumentando sua profundidade fazendo com que a pessoa possa esticar as suas pernas. Já os reclináveis permitem ou aumentar a profundidade do acento ou abrir um apoio para os pés, além é claro, de inclinar o encosto deixando a pessoa semi deitada. O tecido deve ser de fácil limpeza, já que é comum comer no sofá enquanto assiste TV. Os tecidos indicados são: couro (sintético ou não), poliéster e sarja.

www.magazineluiza.com.br

www.riccimoveis.com.br

portuguese.alibaba.com


Um sofá para receber a família e amigos

Se as reuniões de família acontecem na sua casa ou se você dá mutas festas, um sofá maior que o padrão é o indicado. Sofás de 4 ou mais lugares ou os modelos de canto exigem um ambiente mais amplo, portanto fique atento as medidas para que não tranque a passagem.

www.zastrow.com.br

www.albmobiliario.com

Um sofá resistente a animais de estimação e crianças

Tecidos resistentes estão acima da beleza e do design se o seu objetivo é proteger o sofá das crianças arteiras e dos bichinhos de estimação agitados. Entre resistência e facilidade para limpar, o jeans, brin e suede são os indicados. Criança adora sujar o sofá para o desespero das mães, então tenha em mente que os modelos mais claros a sujeira se destaca, sendo que nos escuros dá pra disfarçar mais facilmente até poder lavar.
brokelyn.com

www.movstore.com.br


Um sofá que dê "presença" e impressione quem o ver

Modelos de design ou de tecidos requintados dão "presença" e tornam-se centros de interesse no ambiente chamando imediatamente a atenção de que entra. Cuidado com os excessos, esse tipo de sofá pede uma decoração complementar mais discreta para que o ambiente não fique sobrecarregado de informação.
wallpapersus.com

www.parabotfurniture.com

www.pixerimage.com


Um sofá que dure os próximos 30 anos

Estrutura com madeiras de qualidade, tratadas e certificadas permite uma durabilidade maior. Mesmo que o tecido escolhido se desgaste, rasgue ou fique ultrapassado, vale a pena reformar e manter o móvel. Sofás com essa estrutura são geralmente mais caros, mas em épocas de saldão o preço pode cair 50%. É só ficar de olho nas liquidações.
casa.abril.com.br

casa.abril.com.br

www.essaseoutras.xpg.com.br


Um sofá para relaxar

Sofás com almofadas fofinhas e de tecido que não gruda no corpo nas épocas de calor são ideais para deitar e relaxar. Se for passar muito tempo no sofá se preocupe com fatores como alergia. Prefira tecidos e enchimento antialérgicos. Sofás com chaise são mais confortáveis na hora de deitar e ler um livro, por exemplo.
www.portalsaofrancisco.com.br

www.ig10.net


Um sofá para servir aos hóspedes

Quem recebe muitas visitas que se hospedam em casa pode preferir um sofá cama. Hoje há modelos confortáveis e bonitos que nem parece que são. Como mágica eles se transformam e acomodam as visitas sem bagunça.
www.ideiasmodernas.com

www.belasdicas.com



Só para matar a curiosidade, a resposta da minha tia foi: "Um sofá para ver TV". Portanto o modelo escolhido foi o um sofá retrátil de suede bege, tecido resistente, pois as vezes um gato vai visitar a casa dela.
Bjs


Share this: